Problema nos links

Algo se passa e os links que estão na barra lateral não abrem directamente, por isso devem colocar o cursor do rato em cima e com o botão direito escolher abrir num novo separador ou janela, obrigado.

terça-feira, 4 de Junho de 2013

Fiordes Noruegueses

Desta vez ao contrário da maioria das vezes, não fui em procura do calor e ia a contar com algum frio, mas tal não aconteceu ao contrário do que seria de esperar.
Saída de Lisboa cerca das 14 com destino a Copenhaga, onde se chegou com um ligeiro atraso. mas som percalços. Chegado ao aeroporto de Kastrup e como constava dos planos, no terminal 3 e a caminho de ir levantar as bagagens, troca de euros para coroas dinamarquesas no banco que ai se encontra, porque não é fácil aceitarem euros. No próprio local dos tapetes das bagagens existem máquinas onde se compra bilhetes (36 coroas) para a estação central (14 minutos) de comboio, que sai da linha 2.
Chegados à estação que, que tem saída para os quatro lados, na segunda tentativa acertamos na rua do Hotel Absalon que ficava a cerca de 300 metros. Depois de deixar as malas, vamos em busca de jantar e de seguida uma primeira visita pela imediações. Após uma noite de descanso pela manhã mais uma visita por alguns pontos de interesse no centro e passeio de barco pelos canais, almoço no restaurante junto ao Tivoli e Hard Rock.
Regresso ao hotel e táxi até ao terminal de cruzeiros (175 coroas) de autocarro ou comboio foi ponderado mas eram 144 coroas e ainda se tinha que andar quase 1 km a pé, e a dividir por 4 foi quase o mesmo. Check in entrada para o camarote 7355 por 7 noites.
Saída cerca das 18 e navegação até Hellesyt onde paramos para deixar pessoal para uma excursão e de seguida até Geiranjer, onde fomos ao cimo do monte Dalsnibba que tem uma vista soberba sobre o fiord.
Partida para a próxima paragem, Flam onde o mais típico é fazer o passeio de comboio até Mydral pela serra acima e que vale a pena pelas lindas paisagens.
Próxima paragem Bergen, a segunda cidade da Noruega e que valeu a pena, bastante típica e que se faz bem a pé visitando os principais locais (28 graus).
Mais uma partida, mais uma paragem, desta vez em Stravenger, onde encontrámos mais 2 monstros dos mares da MSC e da Royal Caribbean.
Next stop Oslo, pequena visita pela cidade e arredores com uma paragem especial no Ice Bar, 15 graus negativos e uma bebida servida em copo de gelo :) .
 
Estamos quase no fim, saída de Oslo a caminho do ponto de partida, onde chegamos pela manhã e desembarcamos para uma visita final a Copenhaga antes do regresso a Lisboa, entre os locais a visitar é imprescindível a Little Mermaid.
Acabou, às 19.30 estamos no ar em direcção a Lisboa, onde aterrámos cerca de 3.30 horas depois.

terça-feira, 22 de Janeiro de 2013

Mais uma viagem de sonho TAILÂNDIA


Como se costuma dizer o que é bom acaba depressa e assim foi, após alguns (poucos) dias na Tailândia e eis que já estamos em Portugal, nada do que aqui posso dizer será novo, porque já muito se escreveu aqui sobre este tópico Tailândia, mas de qualquer forma aqui vai.
Saída de Lisboa pelas 8.30 adquirida no site da Qatar com o seguinte programa:
Lisboa-Frankfurt na TAP
Depois até Dhoa e seguidamente até Bangkok.
Chegados a Bangkok até ao balcão da Bangkok Airwais (fantástica companhia em todos os aeroportos com lobby próprio para se aguardar as ligações, para todos os passageiros, com comida, bebida e Internet grátis, como podem ver na foto que se segue)para viagem até Koh Samui.
Ai chegados fomos para o resort Big Budha muito perto do aeroporto e perto do principal monumento de Samui, praia pequena mas muito sossegado onde passámos o fim de ano.
Após 4 dias de relax, incluindo um dia de visita pela ilha com carro alugado, vem a viagem de barco para Koh Tao.
Check In no Jamahikiri Resort, um pouco fora do centro, mas fantástico num local maravilhoso, mesmo com as muitas escadas que se tinha que subir.
 pôr do sol no Jamhikiri
Como as refeições não eram baratas já levámos a referência de um restaurante familiar logo em frente, e foi ai que fizemos as nossas refeições, comida caseira e de qualidade e a bons preços para o local, a nossa extravagância foi no primeiro dia com sobremesa e bebida cerca de 10 euros.
 o cartaz
 a vista do Eagle View
No terceiro dia na ilha fomos para a linda ilha Nangyuan, onde fizemos imenso snorkling e fiz mais um mergulho.
 a vista do Point of View
 o mergulho nos Japenese Gardens
Após 4 dias regresso de barco a Koh Samui e dai de avião para Bangkok e de seguida para Chiang Mai.
Check in no The Rim, excelente hotel, tradicional e acolher na orla do centro histórico. Logo nessa noite fomos a pé dar uma volta pelas imediações e vimos muitos monumentos que se encontram abertos até ás 22. Pela 7 da manhã ida até a Chiang Rai/Triângulo Dourado, paragem obrigatória no mais conhecido e maravilhoso monumento de Chiang Rai
depois até ao Triangulo Dourado e passagem até ao Laos onde dá para recordar a bela aguardente :))
regresso até ao hotel. No dia seguinte logo pela manhã mais umas visitas em especial o Doi Suthep e alguns locais de comercio local de onde destaco a fábrica de sombrinhas de papel, onde me personalizaram a correia da minha NIKON
Várias visitas ao Night Bazar, com diversas compras e massagens, especialmente a dos peixes.
Regresso a Bangkok, mais uma vez na Bangkok Airwais e check in no Navalai River Resort. perto de Koh San Road e junto do cais 13 que dá acesso fácil aos outros cais para visitar os principais monumentos.
Um pouco longe do centro é certo, mas bem localizado. Logo no primeiro dia fomos jantar e visitar o  Bayoke Sky Hotel, já vi que disse mal, mas cada um sabe de si, maravilhoso jantar (pago bem mais em Lisboa e com menos qualidade e diversidade)
 este foi um dos pratos que digeri.
Logo após o jantar aproveitámos para andar pelo mercado de rua junto do hotel. No dia seguinte logo pela manhã visita a Ayuttaya e outros, com regresso de barco e almoço no mesmo. Há noite jantar e passeio de barco no rio.
No outro dia ai vamos nós para o mercado flutuante, onde fizemos também um passeio de elefante.
No domingo pela manhã a visita aos monumentos principais debaixo de 34 graus, no regresso ficamos no mercado Chatuchak, inacreditável e infindável.
Estamos chegando ao fim e pela tardinha lá voltámos ao hotel para a viagem de regresso, e pelas 23 lá vamos para o aeroporto para começar as cerca de  horas de viagem até Lisboa, onde chegámos pelas 18.30 sem qualquer problema em todas as férias o que é o mais importante.
Se voltava? Sim assim que pudesse.


PORMENORES
Alguns pormenores das férias na Tailândia que não estão no inicio do report.
Não vou falar da viagem e aviões isso todos sabem. Chegada a Koh Samui(viajei Bangkok Airws) temos uma empresa da companhia que nos leva em carrinhas aos hoteis, o preço depende das distâncias se quiser ir de taxi também fazem, nós pagámos 120Tbh cada para Bohphut.
O hotel já foi referênciado anteriormente, a praia não será das melhores mas serve, é calma e serena, a água quentinha. Na zona há facilidade em comer e muitos supermercados, não será barato em relação a Bangkok por exemplo, mas na rua também há e fruta muita e barata, refeição para 2 cerca de 400/500 TBH com bebida e prato. Visita ao Big Budha é necessária.
No dia 31 preferimos alugar um carro por 24 horas (1200tbh) um pouco caro mas a procura era muita e nesta zona era o único já, (motos 250) visitámos os principais pontos da ilha, desde Lamai, Chaweng até tomei um banho nas catarátas. Pela noite decidimos fazer um fim de ano único, na praia só os 2, depois de jantar a 2 com vista praia . Eram 22 horas chuvia que Deus a dava, ai o fim de ano estragado, nem por isso ia tomar banho de qualquer forma. Mas eis que 23.30 parou de chover e ficou um calor, eis-nos na praia com muitas pessoas afinal de resorts ao lado e um casal do nosso. Primeiro banho do ano. E já estavamos em 2013. Dia 1 foi de descanso e praia o dia estava bom. Dia 2 tinhamos uma visita ao Angthong Marine Park+Elephant Treking, mas infelizmente as autoridades nesse dia proibiram as visitas ao parque e não pudemos fazer o passeio, por isso foi mais um dia de relax na beach.
Dia 3 vieram buscar-nos da empresa de ferry para a viagem até Koh Tao, no cais estavam a nossa espera e fomos para o resort de que já falei. O resto do dia foi aproveitar o resort e praia. No dia seguinte fizemos praia unicamente.
Dia 5 tinha um dia de mergulho marcado com uma empresa que falhou e ainda bem, porque assim em taxi boat fomos á maravilhosa ilha de Nangyuan e foi dos melhores sitios de praia senão o melhor e de snorkling tanto peixe. Acabei por fazer ai o mergulho nos fantásticos Japanese Gardens. Regresso a Koh Tao antes das 5, a ilha fecha a esta hora de taxi boar para o cais principal, vulgo centro 150thb e regresso ao resort. Dia 6 pela manhã a pé a subir e descer até uma fantástica praia a Coral View Beach
muito perto da famosa ilha dos tubarões e vimos tubarões a fazer snokling, até persegui um e filmei, um dos principais locais de snokling, era ver os muitos barcos com centenas de pessoas a saltar,
passei o dia quase todo dentro de água, foi a água mais cristalina que vi em toda a Tailândia, conseguia-se ver a mais de 20 metros dentro de água.
Dia 7 regresso a Samui e avião para Bangkok e depois Chiang Mai. No aeroporto empresas de taxi para a cidade a 120tbh e depois podemos ligar para nos ir buscar ao hotel pagamos 150tbh na viagem inversa.
Nesse dia andámos pela zona do hotel a ver monumentos, fecham ás 22. No dia seguinte pela manhã bem cedo lá nos foram buscar para a visita a Chiang Rai e Triangulo Dourado entre outras coisas, valeu a pena. Á noite bazar nocturno algumas compras e Fish Massage.
Dia 9 um tour privado por vários pontos da cidade e arredores entre eles o Doi Suthep, bem lá no alto.
Dia 10 regresso a Bangkok, e no aeroporto taxi a 460tbh para o hotel. Nesse dia fomos ver as vistas e por do sol antes de jantar no Bayoke.
Dia 11 Daily Ayutthaya Tour + Lunch (by River Sun Cruise) valeu a pena o dinheiro gasto.
Pela noite passeio pelo rio e jantar a bordo.
Dia 12 lá fomos cedo em direcção ao mercado flutuante, sem duvida uma experiência fantástica, após o que fomos andar de elefante nas próximidades, mais outra experiência inesquecível.
No regresso deixaram-nos no Chatuchak o maior mercado de Bangkok onde abrimos os cordões há bolsa e fizemos algumas compras, ai as malas.
Dia 13 pela manhã e como estavamos perto apanhámos o barco no cais do nosso hotel e lá fomos ver os principais monumentos, 15thb por pessoa de barco e depois 3tbh para fazer o rio de um lado para o outro. Pela tarde fomos ao mercado de Pratunam e pela noite demos uma volta pela Koh San Road, onde jantámos e fizemos uma massagem para preparar as mais de 24 horas até Lisboa. E foi assim que se passaram umas excelentes férias.Quem me dera um dia voltar.
Comprei todos os tours, bem como o resto em Portugal pela net e nada falhou, sempre a horas e no local na empresa que recomendo http://www.hotels2thailand.com/ e como depois verifiquei os preços eram bons alguns mais baratos que no local.

sexta-feira, 12 de Outubro de 2012

Costa Vicentina

O belíssimo veleiro


Portugal é lindo e tem locais maravilhosos, seja no interior ou na sua imensa costa. Desta vez foram uns dias visitando as praias da costa vicentina como é conhecida. O passeio começou em Setúbal como uma passagem de barco para Tróia, quem te viu e que tem vê, está fascinante e bela. Passeio de barco em busca dos golfinhos e não tivemos muita sorte, mas valeu pelo passeio que o patrão do barco fez por tornar o mais agradável possível e conseguiu (recomenda-se a empresa www.funsea.pt). Noite a bordo.


Carrascal
Pela manhã saída em direcção a Santo André com umas paragens pelo caminho entre as quais a belíssima praia do Carrascal com o seu imenso areal.






Após o alojamento uma ida até à praia mais perto de S.Ándre conhecida pela praia da vacaria.

 Mais uma vez mar e areia imensa e tranquila. Água com temperatura bastante boa para a altura do ano (Setembro).
No dia seguinte um passeio em direcção a Porto Covo, passando por Sines indo pelas estradas mais junto ao mar. Umas horas na pequena praia com vista para a ilha do pessegueiro e depois regresso a Santo André  com paragem em todas as praias pelo caminho.




No dia seguinte um passeio até à Lagoa de Santo André, onde se apanhou um belíssimo berbigão para o petisco mais tarde, e que bom que estava.



Para terminar este dias bem passados uma despedida ao pôr do Sol na praia de Santo André. Para que gosta de viajar e conhecer outros países e outras culturas como é de todo imprescindível conhecer bem o nosso lindo Portugal e eu faço por isso sempre que posso.

terça-feira, 5 de Junho de 2012

quinta-feira, 31 de Maio de 2012

Ilha do Sal - Cabo Verde

Algo diferente, mas acima de tudo o que importa foram 7 dias de relax. Chegada ao Riu Garopa já no Domingo cerca da 1 da manhã de dia 20 de Maio, depois do check-in fomos ao restaurante e podemos comer o que nos apeteceu, após isso descanso no quarto.
Algum vento, principalmente nos 2 primeiros dias, mas isso é normal na ilha do Sal, o resto dos dias até foi bom alguma aragem devida ao calor que estava, em resumo excelente local para umas grandes férias de descanso, o resort bom que baste, bebidas até querer, alimentação dentro do razoável, restaurantes temáticos bastante bons. 
Um dia de passeio pela ilha, passagem por Espargos, pelas Salinas onde se ficou se salmoura alguns minutos e de seguida em direcção há 
onde se tomou um belo banho e se viu o Olho Azul, seguido de almoço e depois seguida em direcção a Santa Maria, com passeio a pé por algumas ruas. 
Na sexta até Santa Maria para uma visita ás profundezas marítimas nas imediações da praia, vendo alguma
 da fauna marítima
video
Há noite uma vista a Santa Maria para ouvir e dançar o funaná
Sábado ultimo dia para aproveitar ao máximo, praia muita praia porque está acabando. Em resumo não foram as melhores férias, mas não me posso queixar, foram mesmo como se diz em Cabo Verde SEM STRESS.

terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012

Cascais e Guincho (Portugal também é lindo)

A bela baía de Cascais

Por do sol no Guincho
Não é difícil de verificar que adoro viajar e conhecer mundo, mas também conheço e adoro as paisagens, os monumentos que o meu Portugal tem e tem bastantes e bem bonitos, por isso de vez enquanto aqui ficam algumas das belezas desta jardim há beira mar plantado como se diz.

quarta-feira, 11 de Janeiro de 2012

Fim do Ano 2011 em Colónia-Alemanha

Dia 29 de Dezembro saída de Lisboa na Germanwings em direcção a Colónia a fim de acabar este 2011 e entrar em 2012 o melhor possível, talvez respirando os ares alemães logo nos primeiros segundos deste novo ano que não se avizinha fácil pudesse tornar o mesmo mais suave vamos ver.
Estadia em Siegburg em casa de um grande amigo alemão, daqueles amigos que poucas vezes se encontra na vida e que eu tive a sorte de um dia encontrar. Frio na rua mas em casa 5 estrelas, na sexta com alguma chuva um passeio pela cidade. No sábado dia 31 cerca das 22 em direcção ao centro da cidade para passar a meia noite, algum frio, milhares de pessoas nas ruas.
Eis que chega a meia noite e a entrada em 2012 com esta maravilhosa vista.
Como o frio era algum não tardou o regresso a casa. Dia 1 pelas 13 em direcção ao LanxessArena para o concerto de ano novo do André Rieu. Fantástico, 3 horas de excelente musica.Dia 2 pela tarde mais um passeio por Colónia e como não podia deixar de ser como sempre a visita á catedral " DOOM" não sei quantas vezes já lá entrei mas cada uma parece a primeira.
Dia 3 visita ao museu do chocolate hummmm que coisa doce. Depois comboio em direcção a Bonn sendo a principal razão a visita há casa de Beethoven, apesar de esta cidade ter outros motivos que merecem uma visita com mais tempo.Escusado será dizer que pelo meio se beberam umas Kölsch entre outros locais no onde bebi a primeira e sempre lá volto cada vez que volto a Colónia. Dia 4 o regresso a Portugal. Aqui voltarei logo que possível, esta cidade tornou-se uma das minhas favoritas, ainda mais pela enorme amizade que aqui tenho e pela forma como sempre me receberam.

sábado, 22 de Outubro de 2011

Pela Europa

Bahnhof Str - Zurich
Heididorf - Suiça
Kubils-Suiça
Vaduz - Leichtenstein
Innsbruck
Hohenschwangau
Nuewschwanstein
Vista do Hohenschwangau
Torre Rapunzel - Lindau
Lindau

Jardim Borboletas Mainau

Mais uma viagem, mais um passeio entre 4 e 10 de Outubro. Desta vez foi de avião até Zurich (revisitar um lugar onde passei um ano da minha vida), depois de carro:
Zurich(Suiça) - Mainau(Alemanha) - Reichenau - Uberlingen - Lindau - Fussen - Lechaschau(Austria) - Feldkirch - Innsbruck - Vaduz(Liechtenstein)- Davos(Suiça)- Kublis - Heididorf - Zurich - Avião até Lisboa.
Fui uma viagem fantástica, começando pela maravilhosa zona de Zurich, depois até Mainau ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ilha_Mainau ) um lugar fantástico nesta altura do ano, na época das flores será do outro mundo inesquecivel o jardim das borboletas. Percorrendo o grande lago de Konstanz á volta passámos por ( http://en.wikipedia.org/wiki/Reichenau_Island ) lugar considerado património mundial pela Unesco. A seguir veio um lugar também bem bonito ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Lindau_(Bodensee) ) um lugar daqueles que dá gosto visitar e voltar lindo no porto tem a bem conhecidissima torre da Rapunzel conto bem antigo. Dormida no Serrose hotel e pela manhã mais uma visita há cidade, depois saida até perto de Fussen para visitar os famosos castelos de (http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Hohenschwangau ) e de http://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Neuschwanstein ) que dizer destes lugares? Sem palavras só vendo e estar ali, sentir aquela envolvência do outro mundo. Após a visita viagem até Leschaschau na Austria com dormida num hotel familiar fantástico, tradicional e bem bonito o Krone Hotel. Pela manhã ida a um lugar fora do programa Innsbruck, com passagem por Feldkirch para comer um apfelstrudel. Depois de uns dias de calor começaram a apareceu nas montanhas uns ligeiros toques brancos e cá embaixo uns chuviscos. Conforme traçado a direcção era Davos e ai vamos, em logo a seguir a Lndquarts começaram os primeiros farrapos de neve, chegámos a Davos e passados minutos começa a nevar e muito, depois de umas voltas viagem até Kublis onde se pernoitou. Pela manhã a intenção era regresso até Zurich, mas pelas 8 horas começou um nevão belissimo e em Davos deveria ser do outro mundo, nada melhor que pegar o comboio em Klosters e ir até Davos e depois regressar a Klosters e foi fantástico com 5 graus negativos em Davos. De Klosters até há casa Heidi ( Heideidorf) foi um pulinho apesar de estar a chover valeu a pena estar no local e ver ao vivo tudo o que pertenceu a uma serie juvenil bem conhecida mundialmente. Daqui foram mais de 100km até casa em Dubendorf. Apesar da chuva deu para fazer uma visitinha ao centro de Zurich no domingo. Na segunda após check in mais uma voltinha pelo centro de Zurich e pelas 19 no aeroporto para o regresso a Lisboa. Em resumo uma passeio um pouco cansativo mas que valeu e muito.

58ª viagem de avião